terça-feira, 27 de outubro de 2009

Meditação Profunda - Por D. Donson


É uma verdadeira ofensa toda essa força de vida que tenho. Muitas vezes, desconheço a origem. Acho que vem de Deus. Estes dias vi uma borboleta azul. Lembrei do que me disse uma amiga e logo fiquei azul também. Todo feito de azul. Era um azul neutro, como quem não mais se preocupa com as adversidades anônimas e inerentes à uma vida tão cheia de mistérios como a minha.

É que não posso contar tudo. E ninguém nunca sabe de que negras raízes se alimenta a liberdade da pessoa que está na sua frente. Mas sou honesto e o meu jogo é limpo: só não conto os segredos de minha vida, os preços que muitas vezes temos que pagar silenciosamente e nem sequer podemos chorar. As perdas... Porque toda conquista resulta de muita, mas muita renúncia.

Juro que estou indo muito longe nesse jogo. Apostei toda minha fortuna e riqueza de coração. Hoje é um dia decisivo, com a cara em São Paulo novamente. Se eu passar no Cosulado, terei mais outros dias para vencer. É excitante cada nova jogada, é como brincar de vida e morte. E cada dia a mais que se vive, é um dia a mais que se rouba da morte. Percebe como somos obrigados a encarar tudo de frente?

Não volto neste blog tão cedo. Não tenho compromisso com ele. Só escrevo agora para comunicar algumas coisas para mim mesmo, apenas para não esquecer. Só escrevo rapidamente porque tenho cinco minutos de ócio e me veio uma súbita inspiração. Volto aqui apenas para somar as perdas e ganhos de 2009.

Só queria deixar claro que eu continuo no jogo, que desde que nasci já ocupo o meu lugar no espaço (como diz a física), que sempre estou aberto para conhecer novos espaços, experimentar novos *flavors, e assim fazer a grande roda gigante girar. Com muita ousadia e talento, porque é tudo que temos para não sermos arrastados. Nós, os que se recusam a desistir. Chorar? Jamais. Se for preciso, um dia a gente grita.


"Come and hear, all you who reverently and worshipfully fear God, and will declare what He has done for me". Psalm 66:16 (King james version).
*Sabores.